terça-feira, 30 de novembro de 2010

Fisioterapia vs saúde de qualidade





Nas últimas décadas, tem-se assistido a uma crescente preocupação com a qualidade dos serviços de saúde, não só porque a oferta é bastante maior, como também porque o grau de exigência do doente é cada vez maior. É importante para o doente saber que tem à sua disposição serviços de saúde de qualidade, que se distinguem dos demais por esta ou aquela razão.


A maior atenção da população, relativamente à qualidade dos cuidados prestados, obriga também a uma maior necessidade das suas necessidades, através da análise das perceções do dia-a-dia. A realização de estudos de avaliação da satisfação, para que se possa melhorar e evoluir, também são essenciais.


Um serviço de saúde de qualidade deve assegurar aos doentes a existência de um nível aceitável de cuidados. Só assim o resultado final da intervenção poderá ser eficiente, eficaz e satisfatório para o utente.


A qualidade pode e deve ser vista numa ótica de gestão e de melhoria, promovendo a procura contínua de melhores práticas e o envolvimento de todos os profissionais, na eficácia e eficiência do serviço prestado.


No caso concreto da Fisioterapia, para garantir a qualidade dos serviços desta área, a Confederação Mundial de Fisioterapia e, posteriormente, a Associação Portuguesa de Fisioterapeutas, assumiu que a Fisioterapia é um serviço prestado exclusivamente por fisioterapeutas, ou sob a sua orientação e supervisão e inclui consulta e intervenção, tendo assim implementando padrões elevados de prática para a prestação de cuidados de Fisioterapia.


Em Fisioterapia, por norma, a qualidade é medida de acordo com os resultados obtidos, estando a obtenção destes resultados relacionada não só com as capacidades técnicas (estabelecer um correto diagnóstico, tratamento selecionado, resultados obtidos…) do profissional, como também com a capacidade que este tem em estabelecer uma relação/comunicação saudável e eficaz com o utente.


A Physioclem procura prestar serviços de excelência (nas diversas áreas de intervenção da Fisioterapia), através da aposta contínua na formação dos Fisioterapeutas, da consolidação de um espaço físico agradável e bem equipado e da interação com outros profissionais de saúde, tendo por base um registo clínico informatizado e atualizado do estado clínico dos seus utentes. A disponibilidade temporal e a personalização do atendimento, fazem com que a Physioclem cumpra os mais altos padrões de qualidade.


Em Novembro, a Physioclem vai dedicar-se à Qualidade através da realização de Questionários de Avaliação de Satisfação aos seus doentes e muitas outras atividades internas dedicadas exclusivamente ao tema da Qualidade nos serviços de Fisioterapia.

João Chambel
Fisioterapeuta Physioclem

Sem comentários:

Enviar um comentário